Novos campos de atuação

Nosso objetivo é medir todos os direitos humanos

O objetivo da HRMI é medir o desempenho dos países no cumprimento de cada conjunto de direitos humanos presente nos tratados internacionais.

Começámos pelos direitos presentes na Carta Internacional dos Direitos Humanos: a Declaração Universal dos Direitos Humanos, o Pacto Internacional sobre os Direitos Civis e Políticos, e o Pacto Internacional sobre os Direitos Económicos, Sociais e Culturais.

Produzimos métricas robustas e detalhadas para cinco direitos económicos e sociais e sete grupos de direitos civis e políticos, que estão disponíveis no nosso Rights Tracker.

Começámos também a trabalhar na medição de:

  • Direitos de orientação sexual, identidade e expressão de género e características sexuais (SOGIESC, pela sigla em inglês).

Que outros direitos humanos existem?

Há muitos mais tratados para monitorizar.

No futuro, queremos atuar em novos campos de atuação para medir o desempenho dos países em muitos outros direitos ou questões, incluindo:

  • Direitos das Mulheres; CEDAW, pela sigla em inglês (ver a nossa proposta )
  • Discriminação racial; ICERD (pela sigla em inglês)
  • Direitos dos refugiados, pessoas deslocadas e requerentes de asilo
  • Direitos das Crianças; CDC
  • Direitos das Pessoas Portadoras de Deficiência; CDPD
  • Julgamentos, justiça e processos equitativos
  • Direitos do trabalho
  • Impunidade
  • Tortura (já estamos a trabalhar nesta área, mas estamos à procura de parceiros para expandir esta área)
  • Negócios e direitos humanos
  • Crise climática e direitos humanos
  • Apatridia
  • Liberdade de religião
  • Direitos dos povos indígenas; DNUDPI

Quer participar?

Se tem experiência, tanto profissional como académica na área dos direitos humanos, em qualquer uma destas áreas, então gostaríamos de trabalhar em parceria consigo no futuro. Há muitas maneiras diferentes de participar.

As duas coisas de que precisamos para começar qualquer um destes novos projetos são:

  • Um orientador académico
  • Financiamento

Sem ordem preferencial.

Assim que estejam reunidos estes dois elementos cruciais, muito provavelmente realizaremos um ‘workshop’ internacional de conceção colaborativa para recolher sugestões de profissionais e académicos de todo o mundo sobre o que é necessário e o que pode funcionar.

Se deseja que a HRMI se expanda para fornecer dados sobre a sua área de direitos humanos, pode ajudar de qualquer uma das seguintes formas:

  • Torne-se orientador académico num novo campo de atuação. Na maioria das áreas, poderia ser um académico numa universidade ou noutra instituição de investigação, e este projeto seria o seu principal foco académico/de investigação nos próximos anos (pelo menos). Poderiam ser ‘freelancers’ se o projeto conseguir angariar fundos suficientes para manter o seu salário/honorários.
  • Sugira alguém para ser orientador académico.
  • Ajude a desenvolver as novas métricas assim que o trabalho começar, talvez participando no ‘workshop’ de conceção colaborativa.
  • Sugira uma fonte de financiamento para uma nova área de investigação.
  • Colabore com a HRMI numa candidatura conjunta em busca de financiamento para a expansão (temos algumas ideias para onde poderíamos enviar candidaturas, mas sabemos que as candidaturas em colaboração geralmente têm uma maior probabilidade de êxito).
  • Use os nossos dados no seu próprio trabalho (adoraríamos ajudá-lo).
  • Fale com os seus colegas sobre o nosso trabalho.
  • Diga a colegas e financiadores que há necessidade de melhores dados na sua área de interesse, e que a HRMI pode ajudar a preencher essa lacuna.
  • Siga-nos no TwitterYouTubeLinkedIn, e no Facebook, e partilhe as nossas publicações para que mais pessoas descubram como os nossos dados podem ser úteis nos seus trabalhos.

O que precisa de saber mais?

A HRMI é uma cooperação independente, sem fins lucrativos e global entre académicos e profissionais.

Temos fortes princípios orientadores de colaboração, utilidade, rigor, transparência, inovação, e independência.

Trabalhamos de uma forma não hierárquica. Seria da responsabilidade da nova orientação a escolha do campo de atuação, e de o levar adiante, mas com o apoio de toda a equipa da HRMI.

O financiamento de pessoal para um novo domínio de intervenção teria de ser angariado ao longo do projeto: não há de momento orçamento para novos trabalhos.

Os novos membros da equipa podem estar situados em qualquer parte do mundo. A HRMI está sediada em Wellington, na Nova Zelândia, e conta com outra base de operações na Universidade da Geórgia, nos Estados Unidos. Trabalhamos com pessoas em muitos outros países, pelo que estamos habituados a ser uma equipa distribuída globalmente.

Damos as boas-vindas a novos membros da equipa de qualquer parte do mundo. Saudamos calorosamente as pessoas do Hemisfério Sul e de grupos sub-representados para se juntarem a nós na equipa.

A língua de trabalho entre a equipa é o inglês.

A HRMI está a fazer um trabalho estimulante e de vanguarda para melhorar a vida das pessoas. Gostaríamos que mais pessoas se juntassem a nós.

Qual é a próxima etapa?

Dê uma vista de olhos ao que já fizemos, depois entre em contacto!